Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Humoristas de todo o mundo, uni-vos

por Alda Telles, em 15.12.13

Vou fazer uma coisa arriscadíssima: vou comentar o post da Estrela Serrano sobre os Gato Fedorento. A Estrela Serrano é uma investigadora e uma opinion maker que respeito, que sigo religiosamente e cujas análises considero quase sempre brilhantes e sempre interessantes. 

 

Este post a que me refiro é interessante. Procura enquadrar, dentro de uma matriz séria de análise, aquilo que muitos tiveram dificuldade em classificar, mas que se incluem no espírito do "ao que o jornalismo chegou"/ "já não se distingue o jornalismo do entretenimento".

 

Estrela Serrano enquadra o tema no âmbito do código deontológico dos jornalistas mas, sobretudo, dentro das expectativas de "confiança, credibilidade e autoridade" que a profissão de jornalista gera. 

 

Confesso que não consigo acompanhar esta análise. porque não considero o jornalismo uma profissão única nestes atributos. Esperamos da maioria dos profissionais confiança, credibilidade e autoridade. É neste ponto que a análise me incomoda, porque em nenhum momento do sketch estava à espera dessa demonstração por parte do jornalista que vi ali como um figurante "emprestado".

 

Não sendo estudiosa como a Estrela Serrano sobre o tema, permito-me pegar nas suas palavras: "Se um político entrevista outro político ou outra pessoa qualquer não passa a ser jornalista pelo facto de fazer perguntas. Mesmo que o palco dessa entrevista seja a televisão ou outro meio. Do mesmo modo,  nem todos os que escrevem num jornal são jornalistas."


Ora bem, diria que do mesmo modo, e seguindo a mesma lógica, quando o RGC [o nome é comprido e complicado, o que me parece um erro de palmatória para um nome profissional, mas adiante, usemos a sigla] entra num sketch humorístico não passa a ser humorista. Esta podia ser a reacção do sindicato dos humoristas, que certamente identificam profissionais do humor capazes de fazer um boneco muito melhor que o de RGC.

 

Diz depois Estrela Serrano: "Quando Ricardo Araújo Pereira (RAP) entrevistou os políticos na campanha eleitoral de 2009, não passou por isso a ser jornalista. Nessas entrevistas, o telespectador sabia que se tratava de um espaço de humor e ninguém ali alterou o seu estatuto: RAP continuou a ser o humorista que é e os políticos que convidou continuaram a ser o que são: políticos. A expectativa do telespectador  era a de que RAP fizesse humor com os políticos que entrevistava e ver como estes reagiriam e resistiriam. Ninguém ali foi ao engano."


[Reparo agora que RAP também é um péssimo nome para um humorista, o que leva a que invariavelmente seja referido pela sigla].


A minha pergunta é: e no sketch dos Gato Fedorento, alguém foi ao engano? Alguém estava à espera que RGC fizesse uma entrevista "séria" e real aos Gato Fedorento? Se o objectivo era simular uma "entrevista política", faz sentido a "brincadeira" (não interessa aqui se de bom ou mau gosto) ter um jornalista, do canal, a representar o seu papel. 


Não creio que haja aqui qualquer confusão de papéis. E se houve, foi para chegar à conclusão que nem para a novela "Sol de Inverno" RGC serviria como actor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:47

Mensagens


Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Calendário

Fevereiro 2024

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados