Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nexpresso

por Alda Telles, em 20.12.14

Diz-se que o "caso Sócrates" tem rompido com todos os cânones dos casos judiciais portugueses, ao introduzirem-se no espaço público novas formas de comunicação do lado da defesa.

O preso preventivo escreve cartas e usa direitos de resposta, o advogado tem alimentado parangonas à porta dos tribunais e da prisão. A comunicação do caso "em on", como caracterizou, e bem, o director do Expresso, abriu novas fronteiras na cobertura mediática. Deixou-se de ter apenas as "notícias" em off da investigação, a defesa começou a ser notícia com fonte identificada.

O Expresso assumiu-se, desde a primeira hora, como actor principal nesta nova arena. O jornal passou a fazer parte também das notícias do caso, com a descrição da sua feitura.

Como jornal influente, e cioso de que o mundo perceba a sua influência, o Expresso começou por informar o mundo que tinha recebido telefonema de Sócrates a partir de Évora disponibilizando-se para conceder uma entrevista pedida pelo jornal. Ficamos então a saber, na primeira página do jornal, que um entrevistado ligou directamente a um jornalista (no caso, Bernardo Ferrão), às 17:40, para dar o OK à entrevista. A notícia sobre a preparação da notícia, com os actores envolvidos e os meios de comunicarem entre eles. Inédito. 

Hoje, o Expresso prossegue no caminho do "nunca antes visto" e publica "81 perguntas" que naturalmente passaram a ser perguntas retóricas. Digamos que é uma comunicação em on mas com o de onanístico.

O direito de um entrevistado não responder a determinadas perguntas, porque não sabe ou porque não quer, está geralmente salvaguardado por todo um processo de edição que é parte integrante de um trabalho jornalístico (sim, tambem me estou a recordar da entrevista de Clara Ferreira Alves).

A publicação a priori das perguntas contém em si mesma a inviabilidade de um acto que requer boa fé e conforto entre as partes para a realização de uma entrevista.

Estamos num novo patamar da "comunicação em on": os auto-leaks dos média.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:44

Mensagens



Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.