Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Anatomia de um instante*

por Alda Telles, em 12.12.13

 

O que está numa imagem? A história que quisermos contar. Uma imagem tem tantos significados quantos aqueles que lhe quisermos dar, e não está imune a interpretações diferentes da do próprio autor. Nos tempos que correm como ciclones, uma imagem torna-se em minutos um ícone, uma referência mundial, com o significado que os influenciadores do mainstream lhe dão e que as redes sociais tratam de globalizar.

 

Parece que a famosa "selfie" de Obama com Cameron e a primeira ministra da Dinamarca transcendeu o momento e a circunstância, ou melhor, foi transcendida pelo momento, pela circunstância e, sobretudo, por uma boa dose de "clichés" sobre louras predadoras e tensões matrimoniais.

 

O autor da fotografia, Roberto Schmidt, veio explicar esse momento no blog da AFP. "Capto a cena sem nenhum preconceito. À minha volta, no estádio do Soweto, os sul-africanos dançam, cantam e riem em honra do seu líder falecido. O ambiente é de festa, não de recolhimento mórbido. A ceremónia já dura há pelo menos duas horas, e ainda irá prolongar-se por mais duas horas. O ambiente é totalmente descontraído. Não vejo nada de chocante no que está no meu visor, seja ele ou não presidente dos Estados Unidos. Estamos em África".

 

O autor também explica que a cara fechada de Michelle Obama foi um mero acaso, ela também teve vários momentos de riso e boa disposição.

 

Não deixa de ser curioso que aqui seja o próprio fotógrafo a procurar justificar a sua imagem, a dar-lhe o enquadramento em que ela realmente se insere. Estamos cada vez mais habituados a ver trabalhos fotográficos premiados que se vêm a revelar montagens, ou pelo menos momentos que não representam exactamente circunstâncias reais, apenas pelo potencial premiável do chocante.

Aqui, é o fotógrafo que fica chocado com o alcance da sua fotografia.

 

Nestes tempos de "curadoria" e internet, não somos donos de nada. Nem do que produzimos nem do que consumimos.

 

*O título inicial era "Anatomia de um instagram". mas não quis corromper o título do magnífico livro de Javier Cercas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47

Mensagens


9 comentários

Imagem de perfil

De Equipa SAPO a 13.12.2013 às 10:18

Bom dia,
este post está em destaque na área de Opinião do SAPO.
Cumprimentos,
Ana Barrela - Portal SAPO
Imagem de perfil

De Alda Telles a 13.12.2013 às 13:01

Muito obrigada! As visualizações dispararam!
Imagem de perfil

De Gaffe a 13.12.2013 às 12:26

Claro!
"Em Roma sê romano".
Foi pena não termos visto o representante do Vaticano a dançar ao som dos tambores ou Cavaco a gritar como as belíssimas mulheres sul africanas batendo com a língua no palato!
:)
Imagem de perfil

De Alda Telles a 13.12.2013 às 13:03

ahahahah essa segunda imagem agora não me sai da cabeça!
Sem imagem de perfil

De José C. M. Velho a 13.12.2013 às 14:47

Lamentável é que haja pretensos jornalistas a querer fazer notícia séria de algo só publicável em revistas cor de rosa ou similares como o Correio da Manhã que tanto vende e por isso pretendem baixar o nível da informação a este ponto. Só lhes faltou mesmo comentar o vestido da dinamarquesa em comparação com a norteamericana para concluir sobre o efeito cientificamente provado das cores dos vestidos no comportamento das mulheres, das feromonas e dos machos.
Imagem de perfil

De Alda Telles a 13.12.2013 às 16:55

Estamos na era do "infotainment", caro José C.M. Velho. De qualquer forma, a fotografia sempre foi uma poderosa peça de comunicação. O que acontece agora é que a sua leitura se propaga de forma instantânea e nem há tempo para pensar no símbolo em que ela erradamente se pode tornar.
E tenho a certeza que houve "sítios" onde as roupas foram comentadas.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 13.12.2013 às 16:46

Talvez fosse melhor corrigir o português. Apesar de tudo está bom.
Imagem de perfil

De Alda Telles a 13.12.2013 às 16:55

Sou toda ouvidos. Não detecto erros, mas se os vê, agradeço desde já a sua correcção.
Imagem de perfil

De Alda Telles a 13.12.2013 às 17:15

Muito obrigada! É o que dá traduções directas e apressadas do francês.

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.